III SIMPÓSIO NACIONAL TECITURAS DA CIDADE – Cidades: Disputas e Resistências

Em sua terceira edição acontece em julho o III Simpósio Nacional Tecituras da Cidade composto por diversas mesas temáticas ligadas à História Social da Cidade. 

Simpósio On-line Gratuito.

Data: 10/07, sábado, das 10h às 17h.

Apresentação

No mês de julho o Instituto Bixiga e o Núcleo de Estudos de História Social da Cidade (NEHSC/PUC-SP) promovem o III Simpósio Nacional Tecituras da Cidade na versão “on-line”, composto por diversas mesas temáticas ligadas à História Social da Cidade, debatendo o tema Cidades: Disputas e Resistências.

Programação

manhã
10h
Abertura
Dra. Yvone Dias Avelino (coordenadora NEHSC/PUC-SP)
Dr. Edimilsom Peres Castilho (Instituto Bixiga)
manhã
10:15h
13:00h
São Paulo acolhe os haitianos.
Dra. Yvone Dias Avelino
Campos Elíseos entre a Belle Époque e a Cracolândia : Vivências entre o construir, o demolir e o segregar.
Dra. Márcia Barros Valdívia
Eugenia e Segregação Espacial na São Paulo do começo do século XX
Me. Eduardo Guilherme Piacsek
Brás, Bexiga e Barra Funda: fragmentos da cidade, por António de Alcântara Machado.
Me. Leonardo da Silva Claudiano
Arquiteturas da exceção: O Caso do São Vito
Nicolie Duarte
tarde
14:30h
17:00h
O “visível” que oculta e o “invisível” que revela: Tensões e Disputas na construção da História do Território do Bixiga
Dra. Danielle Franco da Rocha, Dr. Edimilsom Peres Castilho, Dr. Eribelto Peres Castilho (Instituto Bixiga)
Notas sobre tecnociência e Lazer Cultural: dessensibilização digital e descontentamento durante a pandemia 
Dr. Alexandre Francisco Silva Teixeira
Territórios nas memórias da infância sob a ditadura civil-militar (1964-1985)
Dr. Eduardo Silveira Netto Nunes
Manáos antes de Manáos:  a cidade da Barra do Rio Negro em 1848 por Paul Marcoy 
Me. Bruno Miranda Braga
A Guerra no Mediterrâneo Antigo: Fontes e Problemáticas
Dr. Ettore Quaranta
Comunidade e Cultura: Santo Antônio de Lisboa (Florianópolis) e a resistência na preservação dos saberes.
Dra. Arlete Assumpção Monteiro
Cartazes do I e II Simpósio Nacional Tecituras da Cidade em 2019 e 2020

Sobre o NEHSC/PUC-SP

Com uma longa trajetória o Núcleo de Estudos de História Social da Cidade do Programa de Estudos Pós-Graduados em História Social da PUC-SP, produziu vários Eventos, Encontros Científicos, Congressos Nacionais e Internacionais, Publicações, Exposições, Simpósios, Seminários, Debates, Dissertações, Teses, cursos em Graduação, Pós-Graduação (Lato/Strito Sensu), Convênios, Intercâmbios em universidades latino-americanas, espanholas e desdobramentos em São Paulo, Salvador e Fortaleza. Em 2001, deu início a um ciclo de Palestras mensais, das mais diversas temáticas dentro do grande eixo “da Cidade Clássica à Cidade Contemporânea”, que ocorrem até os dias atuais, com acadêmicos de várias Instituições de Ensino Superior, abertas à toda comunidade acadêmica.

Sobre o Instituto Bixiga

O Instituto Bixiga – Pesquisa, Formação e Cultura Popular (IB) é uma associação de professores historiadores que desenvolve projetos de pesquisa, formação continuada e educação popular. Nossa experiência interdisciplinar contempla uma ampla pesquisa sobre a realidade brasileira e latino-americana, bem como a transmissão e popularização dessa produção científica, tecnológica e artística, com grande destaque para a Cultura Popular. Os cursos de formação são resultados de uma ampla pesquisa histórica (bibliográfica, oral, documental e iconográfica), com destaque para a Linha de Pesquisa em História Social da Cidade que também inclui experiência na criação de centros de memória e documentação e curadoria de exposições.

Fotos do I Simpósio Nacional Tecituras da Cidade em 2019 no Instituto Bixiga.

Sobre os Palestrantes

ALEXANDRE FRANCISCO SILVA TEIXEIRA: PhD em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC-SP (2019), com Estágio Doutorado na Universidade de Coimbra/fomento CAPES (2019). Bacharel em Artes Cênicas, pela Universidade Estadual de Londrina (UEL-PR), especialista em História, Cultura e Sociedade com mestrado em História Social. Área de concentração História Contemporânea, Cultura, Cidade e Lazer. Autor de artigos sobre Lazer, Cultura e Educação não formal e apresentou trabalhos em eventos acadêmicos nacionais e internacionais na América do Sul, Europa e África. Foi membro da Comissão Científica do Congresso Mundial de lazer 2018 que se realizou na cidade de São Paulo/Brasil. É integrante no Núcleo de Estudos de História Social da Cidade NEHSC PUC/SP, onde realiza estudos e debates. Membro do corpo técnico na Programação Socioeducativa do Sesc São Paulo desde 2006.

ARLETE ASSUMPÇÃO MONTEIRO: Profa. Titular na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Pós-Doutorado em Estudos sobre a América Latina, Universidad Pablo de Olavide, Sevilha, Espanha (2010). Pós doutorado Universidad de Salamanca/Espanha (2017). Dra em Históra, área História Econômica, Universidade de São Paulo (1996). Mestrado em Educação (1987) PUCSP. Pós-Graduada em Ciências Sociais, PUCSP. Graduada em Educação, Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras "Sedes Sapientiae", PUC-SP (1970). Profa. Visitante e pesquisadora Universidad Pablo de Olavide, Sevilha, Espanha, Curso de Doctorado em América Latina [2003 – 2014]. Pós-doutorado (em andamento) Universidad de Salamanca/Espanha. Vice-Chefe do Departamento de Fundamentos da Educação, PUCSP ( 2010 a 1o. agosto 2013) Vice-Coordenadora do NTC – Núcleo de Trabalhos Comunitários – PUCSP (2010-2012). Profa. convidada no curso da "Universidade Aberta à Maturidade" da PUCSP (2009–2014 e 2016). Assessora Pedagógica da Faculdade de Educação da PUCSP , Colégio Luiza de Marillac (2005 -fevereiro 2010), atual Campus Santana da PUC-SP. Pesquisadora Associada ao Centro de Memória Unicamp. Pesquisadora e Diretora 2a. Secretária do CERU-USP – Centro de Estudos Rurais e Urbanos – USP (2000-atual). Líder do Grupo de Pesquisa CNPq: Arte, Educação e Sociedade, credenciado pela PUCSP desde 2005.

BRUNO MIRANDA BRAGA: Doutorando em História Social na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC/SP. Mestre em História Social pela Universidade Federal do Amazonas (ano de obtenção: 2016). Especialista em Gestão e Produção Cultural pela Universidade do Estado do Amazonas UEA (ano de obtenção: 2018). Licenciado em História pelo Centro Universitário do Norte – UNINORTE (ano de obtenção: 2013) e em Geografia pela Universidade do Estado do Amazonas -UEA (ano de obtenção: 2017). Membro do Núcleo de Estudos em História Social da Cidade – NEHSC.

DANIELLE FRANCO DA ROCHA: Doutora em História Social pela PUC-SP, Mestre em Ciências Sociais e Bacharel em Ciências Econômicas pela PUC-SP. Professora e Pesquisadora do Instituto Bixiga. Professora de História e Educação Patrimonial nas Licenciaturas de História, Letras e Pedagogia. Professora do Curso de Especialização em História, Sociedade e Cultura da PUC-SP. Tem experiência nas áreas de História, Educação, Economia, Sociologia, e Serviço Social. Atuando nos seguintes temas: História Social da Cidade, Educação Patrimonial, História Brasileira e Latino Americana. Pesquisadora do Centro de Estudos de História da America Latina (CEHAL) ambos do Programa de Estudos Pós-Graduados em História Social da PUC-SP.

EDIMILSOM PERES CASTILHO: Doutor e Mestre em História Social pela PUC-SP. Graduado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Uberlândia. Professor e Pesquisador do Instituto Bixiga. Professor de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Ibirapuera UNIB. Professor do Curso de Especialização em História, Sociedade e Cultura da PUC-SP e do Curso de Especialização em Arquitetura e Urbanismo do SENAC-SP. Tem experiência nas áreas de História Social da Cidade, Arquitetura e Urbanismo, Arquitetura da Paisagem. Atuando nos seguintes temas: História e Cidade, Educação Patrimonial, História da Arquitetura e Urbanismo, Mapeamento em Cidades, Planejamento Urbano e Territorial. Pesquisador do Núcleo de Estudos de História Social da Cidade (NEHSC) e do Centro de Estudos de História Latino-Americana (CEHAL) ambos do Programa de Estudos Pós-Graduados em História PUC-SP.

EDURADO SILVEIRA NETTO NUNES: É professor Universitário atuando na área das humanidades, com formação e atuação interdisciplinar. Tem experiência em docência, gestão e extensão no ensino superior. É membro da Diretoria Executiva da Associação Nacional de História, seção São Paulo. Coordena o Grupo de Trabalho de História da Infância e Juventude na ANPUH-SP. Foi Conselheiro de Comitê de Ética em Pesquisa e Coordenou Projetos de PIBID na Área de História e Residência Pedagógica na Área da Pedagogia. Atualmente é Professor e Tutor no Centro Universitário Sant’Anna, e Professor Convidado do COGEAE da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo-PUC/SP. É Doutor em História Social pela Universidade de São Paulo, Mestre em História na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Bacharel em História (USP), Licenciado em História e Pedagogia. É bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade de Passo Fundo (UPF). Possuí experiência internacional organizando mesas em congressos e participando de eventos científicos; foi investigador visitante no Instituto Interamericano del Niño (OEA) (2008) e realizou estágio de pesquisa no Centro de Estudios Historicos do Colegio de México com bolsa PDEE-CAPES (2009-2010)

EDUARDO GUILHERME PIACSEK: Possui graduação em Comunicação Social pela Universidade Anhembi Morumbi (1995), é radialista formado pelo SENAC-SP (1999) e graduado em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2009). Mestre pelo Programa de Estudos Pós-graduados em História da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2014) tendo sido bolsista CNPQ. Pesquisador do NEHSC e coeditor da Revista Cordis.  Tem experiência na área de Comunicação na produção edição e diagramação de textos. É professor particular de História de alunos dos colégios Nossa Senhora das Graças, Morumby, Móbile e Madre Alix.

ERIBELTO PERES CASTILHO: Doutor e Mestre em História Social pela PUC-SP. Bacharel em Direito pela PUC-SP. Bacharel e Licenciado em Ciências Sociais pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP. Professor e Pesquisador do Instituto Bixiga. Professor adjunto IV do Curso de Direito da Faculdade Zumbi dos Palmares (FAZP). Professor do Curso de Especialização em História, Sociedade e Cultura da PUC-SP. Tem experiência nas áreas de História, Economia, Direito, Ciência Política, Serviço Social, atuando nos seguintes temas: História e Economia Brasileira e Latino Americana, Direito, Sociologia, Serviço Social. Pesquisador do Centro de Estudos de História Latino-Americana (CEHAL) e do Núcleo de Estudos de História Social da Cidade (NEHSC), todos ligados ao Programa de Estudos Pós-Graduados em História da PUC-SP.

ETTORE QUARANTA: Graduado em História (1975), graduação em Letras Clássicas (1977), mestrado em História Econômica (1987) e doutorado em Letras Clássicas (1998) todas as titulações pela Universidade de São Paulo/USP. Desde 1985 é Professor da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Tem experiência na área de História, com ênfase em História Antiga e Medieval, atuando principalmente nos seguintes temas: História, Cidade, Filosofia, Grécia Antiga, Roma Clássica, Egito Helenístico, poder e literatura. Também realiza traduções de textos clássicos (grego e latim). É membro associado da Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos: SBEC.

Leonardo da Silva Claudiano: Doutorando em História Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (bolsa CAPES). Mestre em História Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2018). Possui graduação (Bacharelado e Licenciatura) em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2015). Tem experiência na área de História, com ênfase em História do Brasil e América Latina, atuando principalmente nas relações dos seguintes temas: História e Cidade, História e Literatura, História e Cinema, História e Memória, História e Modernismo. Igualmente, desenvolve pesquisas na área de Literatura e Crítica Literária, com destaque à Literatura Latino-Americana, Literatura Contemporânea e metaficção historiográfica.  Pesquisador do Núcleo de Estudos de História Social da Cidade (NEHSC/PUC-SP), membro do Grupo de Estudos Literatura e Ditaduras da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (GELD/PUC-SP) e membro do Grupo de Estudos em História e Literatura da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (GEHISLIT/PUC-Minas).

MÁRCIA BARROS VALDÍVIA: Doutora e Mestre em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Possui graduação em História pela Universidade de Taubaté. Professora do Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Ibirapuera. Tem experiência na área de História, com ênfase em Cultura e Representação, atuando principalmente nos seguintes temas: Cidade, História, Memória, Cultura, Boemia, Medicalização, Corpo e Beleza. Pesquisadora do Núcleo de Estudos de História Social da Cidade (NEHSC) ligado ao Programa de Estudos Pós-Graduados em História PUC-SP.

Nicolie Duarte: Mestranda em História da Arte pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Experiência na área de Arquitetura, com ênfase em Planejamento e Projetos da Edificação. Pesquisa em história e representação da produção arquitetônica moderna e contemporânea. Participação na produção de livros sobre Teoria e História da Arquitetura e Patrimônio.

YVONE DIAS AVELINO: Possui Graduação em Ciências Humanas (História) pela Universidade de São Paulo (1959), Mestrado em História Social pela Universidade de São Paulo (1970), Doutorado em História Econômica pela Universidade de São Paulo (1973) e Pós-Doutorado (1989) em História pela PUC-SP. É Titular no Departamento de História da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, onde atua como Docente desde 1971. Integra as Comissões Consultivas e Editorias das seguintes Revistas: Oralidades – Revista de História Oral (USP); Práxis – Revista Eletrônica de História e Educação (Universidade Jorge Amado – Salvador); Projeto História (PUC-SP); Aurora – Revista Eletrônica de Arte, Mídia e Política (PUC-SP). Tem experiência na área de História, com ênfase em História da América, atuando principalmente nos seguintes temas: Cidade, Cultura, História, Memória, Literatura e América Latina. Coordena o Núcleo de Estudos de História Social da Cidade – NEHSC – da PUC-SP, existente há mais de 20 anos. É coordenadora do curso de graduação em História da PUC-SP. É Editora da Revista Cordis – Revista Eletrônica de História Social da Cidade.

Carga Horária
07 horas/aula
Aos participantes serão conferidos certificados que podem ser aproveitados para as Atividades Complementares exigidas pelas Diretrizes Curriculares Nacionais.

*Ao se inscrever no curso o participante autoriza o INSTITUTO BIXIGA – PESQUISA, FORMAÇÃO E CULTURA POPULAR a utilizar suas imagens produzidas no âmbito do curso (fotografias e filmagens), para utilização em materiais de divulgação e publicações do instituto ou conforme outras necessidades dessa instituição, sem qualquer ônus material ou imaterial, por tempo indeterminado.

+63 matriculado
Não matriculado

Curso Inclui

  • 1 Aula
Open chat
Entre em contato pelo WhatsApp