Redescobrindo 468 anos da cidade de São Paulo

Nesse curso especial buscamos  reconstituir parte significativa da complexa formação histórica da cidade no decorrer do período colonial, imperial e republicano brasileiro.

Curso On-line.

Data: 28/01/2022, sexta-feira, das 19h às 22h.

Professores: Danielle Franco da Rocha, Edimilsom Peres Castilho, Eribelto Peres Castilho

“Costumamos pensar a cidade a partir da arquitetura e outros pontos e elementos, mas muito da história social acaba ficando submergida. Nós do Instituto, por meio da pesquisa, buscamos trazer à luz a história da cultura negra, da cultura indígena e dos imigrantes na cidade, por exemplo”, explica Danielle Franco da Rocha, Professora e Pesquisadora do Instituto Bixiga.

Apresentação

Em 28 de janeiro de 2022, mês em que se rememora os 468 anos de fundação da cidade de São Paulo pelos colonizadores, o Instituto Bixiga oferece a 6ª edição do curso “Redescobrindo 468 anos da cidade de São Paulo”, que busca reconstituir parte significativa da complexa formação histórica da quarta maior metrópole do mundo. Nessa jornada de mais de 6 anos, o curso sempre procurou se renovar com novas abordagens surgidas, as metodologias sugeridas, fontes de pesquisa e demais contribuições trazidas pelos participantes a partir de apresentações dialogadas pautadas por debates coletivos. O curso aborda, dentre outros importantes temas, questões relativas às relações entre o “centro e periferia”, definição de cultura patrimonial, preservação das expressões culturais tradicionais e periféricas e processos antigos e atuais de intervenções sócio espaciais na cidade. Com isso pretende-se problematizar o complexo cultural da cidade, abrangendo o modo e condições de vida de seus habitantes, as narrativas e as construções identitárias em disputa e os debates sobre os modelos vigentes no decorrer do período colonial, imperial e republicano brasileiro.

Professores

DANIELLE FRANCO DA ROCHA
Doutora em História Social pela PUC-SP, Mestre em Ciências Sociais e Bacharel em Ciências Econômicas pela PUC-SP. Professora e Pesquisadora do Instituto Bixiga. Professora de História e Educação Patrimonial nas Licenciaturas de História, Letras e Pedagogia. Professora do Curso de Especialização em História, Sociedade e Cultura da PUC-SP. Tem experiência nas áreas de História, Educação, Economia, Sociologia, e Serviço Social. Atuando nos seguintes temas: História Social da Cidade, Educação Patrimonial, História Brasileira e Latino Americana. Pesquisadora do Centro de Estudos de História da America Latina (CEHAL) ambos do Programa de Estudos Pós-Graduados em História Social da PUC-SP.

EDIMILSOM PERES CASTILHO
Doutor e Mestre em História Social pela PUC-SP. Graduado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Uberlândia. Professor e Pesquisador do Instituto Bixiga. Professor de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Ibirapuera UNIB. Professor do Curso de Especialização em História, Sociedade e Cultura da PUC-SP e do Curso de Especialização em Arquitetura e Urbanismo do SENAC-SP. Tem experiência nas áreas de História Social da Cidade, Arquitetura e Urbanismo, Arquitetura da Paisagem. Atuando nos seguintes temas: História e Cidade, Educação Patrimonial, História da Arquitetura e Urbanismo, Mapeamento e Informação em Cidade, Planejamento Territorial. Pesquisador do Núcleo de Estudos de História Social da Cidade (NEHSC) e do Centro de Estudos de História Latino-Americana (CEHAL) ambos do Programa de Estudos Pós-Graduados em História PUC-SP.

ERIBELTO PERES CASTILHO
Doutor e Mestre em História Social pela PUC-SP. Bacharel em Direito pela PUC-SP. Bacharel e Licenciado em Ciências Sociais pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP. Professor e Pesquisador do Instituto Bixiga. Professor adjunto IV do Curso de Direito da Faculdade Zumbi dos Palmares (FAZP). Professor do Curso de Especialização em História, Sociedade e Cultura da PUC-SP. Tem experiência nas áreas de História, Economia, Direito, Ciência Política, Serviço Social, atuando nos seguintes temas: História e Economia Brasileira e Latino Americana, Direito, Sociologia, Serviço Social. Pesquisador do Centro de Estudos de História Latino-Americana (CEHAL) e do Núcleo de Estudos de História Social da Cidade (NEHSC), todos ligados ao Programa de Estudos Pós-Graduados em História da PUC-SP.

Conteúdo Programático

São Paulo Colonial – A fundação da Vila Quinhentista

1 – A presença indígena nos Campos de Piratininga
2 – A fundação jesuíta da Vila de Piratininga
3 – Fixação portuguesa no planalto: as expedições rumo aos Sertões

São Paulo Imperial – O século das grandes transformações

1 – Escravidão e resistência no planalto paulista: os quilombos urbanos
2 – A hegemonia do café e a instalação das primeiras ferrovias em São Paulo.
3 – A influência da imigração estrangeira nas transformações de São Paulo

São Paulo na República – A constituição da megalópole

1 – Belle Époque Tropical: a “cidade disciplinar” e a “purificação” urbana
2 – As bases para o crescimento urbano de São Paulo pós 1930
3 – A consolidação do Padrão Periférico de crescimento urbano

Carga Horária
02 horas/aula
Aos participantes serão conferidos certificados que podem ser aproveitados para as Atividades Complementares exigidas pelas Diretrizes Curriculares Nacionais.

*Ao se inscrever no curso o participante autoriza o INSTITUTO BIXIGA – PESQUISA, FORMAÇÃO E CULTURA POPULAR a utilizar suas imagens produzidas no âmbito do curso (fotografias e filmagens), para utilização em materiais de divulgação e publicações do instituto ou conforme outras necessidades dessa instituição, sem qualquer ônus material ou imaterial, por tempo indeterminado.

+13 matriculado
Não matriculado
R$ 60,00

Curso Inclui

  • 1 Aula
  • Curso Certificate
Open chat
Entre em contato pelo WhatsApp