RolêSP Territórios Negros no Bixiga – Lutas e Resistências no Quilombo Saracura

Evento gratuito.

Data: 08/06/2024, sábado, às 10h.

Local: Centro Cultural Vila Itororó (Rua Maestro Cardim, n° 60, Bela Vista)

Palestrantes: Abilio Ferreira, Danielle Franco da Rocha, Edimilsom Peres Castilho, Eribelto Peres Castilho

APRESENTAÇÃO

O projeto RolêSP Territórios Negros na Cidade de São Paulo tem por objetivo conhecer/revelar e valorizar histórias, expressões, personagens, lugares e múltiplas memórias que fazem parte da História da Cultura Negra em São Paulo, fortalecendo a manutenção das identidades locais e a diversidade cultural da cidade.

Partindo de uma problematização cultural, etnográfica e geográfica de alguns marcos, espaços urbanos e edificações históricas, de monumentos erguidos pelos colonizadores, dos topônimos de ruas, praças e rios de São Paulo, o projeto RolêSP – Territórios Negros na Cidade de São Paulo busca não apenas dar maior visibilidade a marcante presença dessas populações na constituição da metrópole paulistana mas, sobretudo, proporcionar uma reflexão sobre seu histórico processo de lutas, resistências e rebeliões frente a esse longo processo.

Pretendemos também divulgar e destacar os diferentes aspectos do Patrimônio Cultural, Natural, Material, Imaterial e Vivo da Cultura Negra em São Paulo, abordando as relações e dinâmicas da Cultura Negra no Território e outros temas socioculturais relevantes para a compreensão crítica e reflexiva de nossa realidade social, étnico-racial, política, econômica e cultural.

Atividade de Formação/Capacitação Cultural – 10h

Ladeiras da Memória – Uma Descrição Negro-Literária da Paisagem

A Atividade de Formação/Capacitação Cultural “Ladeiras da Memória: Uma Descrição Negro-Literária da Paisagem” parte do pressuposto de que existe um sujeito negro-literário capaz de fazer uma descrição densa, específica e original da paisagem, uma vez que o capital cognitivo acumulado por esse sujeito é determinado pelo sistema simbólico da Literatura Negra Brasileira, tecido coletivamente ao longo dos últimos 165 anos, desde que Maria Firmina dos Reis e Luiz Gama publicaram, respectivamente, Úrsula, em São Luiz do Maranhão, e Primeiras trovas burlescas de Getulino em São Paulo.

A paisagem, por sua vez, não será discutida a partir do senso comum, que a define como uma porção visível do espaço imediatamente percebido. Mas como uma categoria da ciência geográfica, que vê a “sua existência condicionada pela capacidade do indivíduo reter, reproduzir e distinguir elementos significativos (culturais ou naturais, circunstanciais ou processuais, adventícios ou genuínos, entre outros aspectos) desse mosaico construído” (DANTAS e MORAIS, 2008, p. 08).

Assim, a paisagem em que a Vila Itororó está inserida remete às disputas que marcam a história de São Paulo, aos silenciamentos promovidos por uma cidade que se quer europeia, mas também à persistência de vozes dissidentes que nunca se calaram. 

PALESTRANTE

Abilio Ferreira
Integrou o grupo Quilombhoje Literatura de 1984 a 1990, tendo também participado de sete dos até agora 45 volumes da antologia anual Cadernos Negros. Autor de Fogo do olhar (Quilombhoje/Mazza, 1989) e Antes do carnaval (Selinunte, 1995), Ferreira está entre os escritores cuja produção é estudada na antologia crítica Literatura e afro-descendência no Brasil (UFMG, 2011). É coautor de São Paulo terra de toda gente (2011), Origens da presença negra em Guarulhos (2013) e coautor e organizador de Tebas: um negro arquiteto na São Paulo escravocrata (2018). Especialista em Cidades, Planejamento Urbano e Participação Popular pela UNIFESP, e mestrando no Programa de Pós-Graduação Humanidades, Direitos e Outras Legitimidades da FFLCH/USP, está entre as pessoas que fundaram e que coordenam, desde dezembro de 2020, o Instituto Tebas de Educação e Cultura.

Visita Guiada – 11h

RolêSP Territórios Negros no Bixiga – Lutas e Resistências no Quilombo Saracura

O “RolêSP Territórios Negros no Bixiga – Lutas e Resistências no Quilombo Saracura” será realizado em um dos territórios mais antigos da cidade e que preserva uma parte importante da História da Cultura Negra do centro de São Paulo – o antigo Quilombo Saracura. Para percorrer os territórios negros desse bairro multicultural, vamos partir do Centro Cultural Vila Itororó, espaço do bairro que conserva um amplo acervo histórico dos primeiros moradores. Depois, seguiremos em direção ao Vale do Rio Saracura, observando sua configuração geográfica que foi determinante para abrigar um dos primeiros quilombos urbanos da cidade de São Paulo, localizado nas margens do rio que foi canalizado com a construção da Avenida 9 de Julho. Por fim, vamos nos reunir no “largo” da Escola de Samba Vai-Vai, espaço originário do histórico Quilombo Saracura que conserva as lutas e resistências da Cultura Negra em São Paulo.

PROFESSORES

Prof.ª Dra. Danielle Franco da Rocha
Doutora em História Social, Mestre em Ciências Sociais e Bacharel em Ciências Econômicas pela PUC-SP. Professora e Pesquisadora do Instituto Bixiga. Professora de História e Educação Patrimonial nas Licenciaturas de História, Letras e Pedagogia. Professora do Curso de Especialização em História, Sociedade e Cultura da PUC-SP. Tem experiência nas áreas de História, Educação, Economia, Sociologia, e Serviço Social. Atuando nos seguintes temas: História Social da Cidade, Educação Patrimonial, História Brasileira e Latino Americana.

Prof.º Dr. Edimilsom Peres Castilho
Doutor e Mestre em História Social pela PUC-SP. Arquiteto e Urbanista pela Universidade Federal de Uberlândia. Professor e Pesquisador do Instituto Bixiga. Professor do Curso de Especialização em História, Sociedade e Cultura da PUC-SP, de Paisagismo da UNESP Registro e de Arquitetura da Paisagem do SENAC-SP. Tem experiência nas áreas de História Social da Cidade, Arquitetura e Urbanismo, Arquitetura da Paisagem. Atuando nos seguintes temas: História e Cidade, Educação Patrimonial, História da Arquitetura e Urbanismo, Mapeamento e Informação em Cidade, Planejamento Territorial.

Prof.º Dr. Eribelto Peres Castilho
Doutor e Mestre em História Social pela PUC-SP. Bacharel em Direito pela PUC-SP. Bacharel e Licenciado em Ciências Sociais pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP. Professor e Pesquisador do Instituto Bixiga. Professor do Curso de Direito da Faculdade Zumbi dos Palmares (FAZP). Professor do Curso de Especialização em História, Sociedade e Cultura da PUC-SP. Tem experiência nas áreas de História, Economia, Direito, Ciência Política, Serviço Social, atuando nos seguintes temas: História e Economia Brasileira e Latino Americana, Direito, Sociologia, Serviço Social.

Carga Horária
03 horas/aula
Aos participantes serão conferidos certificados que podem ser aproveitados para as Atividades Complementares exigidas pelas Diretrizes Curriculares Nacionais.

*Ao se inscrever no curso o participante autoriza o INSTITUTO BIXIGA – PESQUISA, FORMAÇÃO E CULTURA POPULAR a utilizar suas imagens produzidas no âmbito do curso (fotografias e filmagens), para utilização em materiais de divulgação e publicações do instituto ou conforme outras necessidades dessa instituição, sem qualquer ônus material ou imaterial, por tempo indeterminado.

Não Inscrito

Curso Inclui

  • 1 Aula
Entre em contato pelo WhatsApp