As “culturas infantis” no bairro do Bixiga: trocinhas, folguedos, cantigas de roda, jogos, parlendas, pegas, pulhas, trabalengas…(3º Edição)

O curso visa um resgate das “culturas infantis” em São Paulo, possibilitando uma rica imersão em importantes aspectos da cultura imaterial paulista, especialmente dos grupos infantis (denominados “trocinhas”) e das culturas infantis, num período em que as cidades paulistas se transformavam depressa, rompendo suas ligações com o passado tradicional.

O bairro do Bixiga – Uma aproximação histórica do cenário etnográfico das brincadeiras infantis coligidas / Professor Dr. Edimilsom Peres Castilho

O Folclore Infantil Paulistano de uma Cidade em Mudança / Professor Dr. Eribelto Peres Castilho

A Cultura Infantil e Os Grupos Infantis – As Trocinhas / Professora Dra. Danielle Franco da Rocha

Curso On-line Gratuito.

Data: 14/09/2023, quinta-feira, das 19h às 21h.

 

APRESENTAÇÃO

Em setembro o Instituto Bixiga oferece um curso gratuito que pretende um resgate do trabalho etnográfico realizado pelo sociólogo Florestan Fernandes na década de 1940 que resultou no inventário das “culturas infantis” e dos “grupos infantis” nos bairros operários de São Paulo, incluindo o Bixiga (Bela Vista).

Destacando-se pela admirável trajetória intelectual, o sociólogo, político e militante, Florestan Fernandes, sempre se orgulhou de sua origem humilde vivida em bairros populares como o Bixiga e certamente que toda essa experiência de vida foi em grande medida a responsável para que o sociólogo voltasse sua atenção, já em seus primeiros trabalhos, ao estudo folclórico e sociológico da cultura e dos grupos infantis paulistanos, especialmente naqueles bairros em que viveu quando criança. Com efeito, apesar de ser considerado um assunto secundário no conjunto de sua obra – próprio do período de aprendizagem –, o folclore paulistano, especialmente as “culturas infantis”, foram os primeiros temas abordados por Florestan Fernandes, tendo sido objeto de seus estudos desde os tempos de graduação na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP). Contrariando um discurso muito em voga na primeira metade do século XX, em que a rua e o ócio eram vistos como sinônimos de perigo social e as crianças que aí transitavam deveriam ser “corrigidas” pela “pedagogia do trabalho”, Florestan Fernandes demonstrou que era justamente na rua, nas trocinhas, nos folguedos, que “se processava a verdadeira aprendizagem, em que o mestre da criança era a própria criança”.

Jogos Infantis, Candido Portinari (Fonte: Projeto Portinari)

PROFESSORES

Prof.ª Dra. Danielle Franco da Rocha
Doutora em História Social, Mestre em Ciências Sociais e Bacharel em Ciências Econômicas pela PUC-SP. Professora e Pesquisadora do Instituto Bixiga. Professora de História e Educação Patrimonial nas Licenciaturas de História, Letras e Pedagogia. Professora do Curso de Especialização em História, Sociedade e Cultura da PUC-SP. Tem experiência nas áreas de História, Educação, Economia, Sociologia, e Serviço Social. Atuando nos seguintes temas: História Social da Cidade, Educação Patrimonial, História Brasileira e Latino Americana.

Prof.º Dr. Edimilsom Peres Castilho
Doutor e Mestre em História Social pela PUC-SP. Arquiteto e Urbanista pela Universidade Federal de Uberlândia. Professor e Pesquisador do Instituto Bixiga. Professor do Curso de Especialização em História, Sociedade e Cultura da PUC-SP, de Paisagismo da UNESP Registro e de Arquitetura da Paisagem do SENAC-SP. Tem experiência nas áreas de História Social da Cidade, Arquitetura e Urbanismo, Arquitetura da Paisagem. Atuando nos seguintes temas: História e Cidade, Educação Patrimonial, História da Arquitetura e Urbanismo, Mapeamento e Informação em Cidade, Planejamento Territorial.

Prof.º Dr. Eribelto Peres Castilho
Doutor e Mestre em História Social pela PUC-SP. Bacharel em Direito pela PUC-SP. Bacharel e Licenciado em Ciências Sociais pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP. Professor e Pesquisador do Instituto Bixiga. Professor do Curso de Direito da Faculdade Zumbi dos Palmares (FAZP). Professor do Curso de Especialização em História, Sociedade e Cultura da PUC-SP. Tem experiência nas áreas de História, Economia, Direito, Ciência Política, Serviço Social, atuando nos seguintes temas: História e Economia Brasileira e Latino Americana, Direito, Sociologia, Serviço Social.

Conteúdo Programático

O bairro do Bixiga – Uma aproximação histórica do cenário etnográfico das culturas infantis coligidas / Professor Dr. Edimilsom Peres Castilho
A determinação Social do Pensamento de Florestan Fernandes – A infância do sociólogo no bairro do Bixiga
O Folclore Infantil Paulistano de uma Cidade em Mudança / Professor Dr. Eribelto Peres Castilho
Funções Sociais do Folclore Paulistano (Folclore Infantil)
As Influências Socializadoras do Folclore Paulistano (Folclore Infantil)
Folclore e Controle Social
Folclore e Reintegração da Herança Social
A Cultura Infantil e Os Grupos Infantis – As Trocinhas / Professora Dra. Danielle Franco da Rocha
A Formação das Trocinhas
Organização dos Grupos Infantis
Os Grupos Infantis em Ação
Os Grupos Infantis como Grupos de iniciação e como antecipação à vida do adulto
Coleção de Materiais do Folclore Infantil.
Forma de Seleção
Cantigas de Roda
Jogos
Parlendas
Pegas ou Pulhas (ou “caçada”)
Trabalengas

Carga Horária

02 horas/aula
Aos participantes serão conferidos certificados que podem ser aproveitados para as Atividades Complementares exigidas pelas Diretrizes Curriculares Nacionais.

*Ao se inscrever no curso o participante autoriza o INSTITUTO BIXIGA – PESQUISA, FORMAÇÃO E CULTURA POPULAR a utilizar suas imagens produzidas no âmbito do curso (fotografias e filmagens), para utilização em materiais de divulgação e publicações do instituto ou conforme outras necessidades dessa instituição, sem qualquer ônus material ou imaterial, por tempo indeterminado.

+45 matriculado
Não Inscrito

Curso Inclui

  • 1 Aula
  • Certificado de Curso
Entre em contato pelo WhatsApp